Cartilha Radiofonica

De Martelo e Bigorna Wiki
Ir para: navegação, pesquisa

Espaço destinado para construção coletiva da Cartilha Radiofônica


Conceituação[editar]

O que é comunicação livre?[editar]

O que é rádio livre?[editar]

Rádio livre é um tipo especial de emissora. Ela não possui permissão do governo para seu funcionamento e opera com baixa potência de transmissor, fazendo com que o seu alcance fique restrito a apenas um bairro ou região de uma cidade. Essas rádios surgiram na Europa, por volta da década de 60, montadas por pessoas que estavam insatisfeitas com o que ouviam nas emissoras oficiais. Algumas dessas se preocupavam apenas em tocar músicas que não tinham espaço nas outras rádios, como o emergente rock and roll. Outras tinham o propósito de fazer oposição ao governo, com mensagens de forte teor político. Apesar da repressão das autoridades, muitas rádios livres sobrevivem até os dias de hoje, muitos utilizando softwares livres O movimento de rádios livres apareceu no Brasil lá pela segunda metade da década de 80. Primeiramente era apenas um divertimento de técnicos em eletrônica. Depois, grupos políticos de esquerda e estudantes universitários colocaram suas emissoras no ar. Como não poderia deixar de ser, o governo da época abriu fogo contra esse tipo de radiodifusão. Muitas rádios foram fechadas, com seus mantenedores sendo processados. No começo da década de 90, as rádios livres do Brasil obtiveram uma grande vitória com a absolvição do jornalista Léo Tomaz, que dirigia a rádio Reversão, em São Paulo. Estava criado um precedente jurídico importante que favorecia os acusados de crime contra o Código Brasileiro de Telecomunicações.

alguns principios se fazem necessários para uma rádio ser LIVRE

a- PARTICIPAÇÃO POPULAR: Toda a comunidade tem o direito de se manifestar na rádio. Esse direito deve ser preservado no próprio estatuto da emissora. Uma rádio comunitária que se presa possui uma equipe operacional, mas não tem dono.

b- LIBERDADE DE EXPRESSÃO: Todos tem o direito de se manifestar na rádio com as suas idéias e sua própria linguagem e sem censura desde que não façam nenhum tipo de discurso de ódio

c- DESCOMPROMISSOS COM INTERESSES COMERCIAIS. Toda a informação deve ser livre de qualquer interesse que o prenda as formas e regras padronizadas pelo sistema.

O que é Rádio Comunitária?[editar]

- Surgimento do termo - Serviço de Comunicação - E a lei? - Legitimidade, Auto-organização

Qual a importância de uma rádio?[editar]

- Pedagogia - Infraestrutura de Comunicação - Cultural - Memórias - Organização - Economia


Equipamentos para Tansmissão[editar]

Equipamentos para se fazer uma Transmissão de Rádio

1- Fonte de audio (microfone, computador, vinil, k7, celular): algo que produz ou transforma o som na forma de sinal elétrico.

Radio01.png

2- Misturador (mesa de som, mixer): controla as diversas fontes de audio, vai misturar todos os sons para a saída de audio ser uma coisa só (master)

Radio02.png

3- Transmissor FM: Adiciona o sinal elétrico, vindo da mesa, a um sinal portador (que são as frequências entre 87.9 e 108.9 que costumamos associar às estações de Rádio):

Radio03.png

4- Antena: Espalhar o sinal que chega do Transmissor na forma de onda eletromagnética. Merece destaque o cabo que liga antena e transmissor, juntos os três elementos ganham o nome de sistema transmissor.

Radio04.png

Abaixo falaremos com mais detalhes sobre os diversos elementos apresentados:


Mesa de Som[editar]

Inserir desenho com possiveis mesas

Falar sobre caracteristicas gerais de mesas de som

Cabos[editar]

Inserir desenho com os vários tipos de cabos e conexões

Falar sobre o fluxo de audio entre entradas e saídas

O padrão adotado abaixo será:

[Saída/Fonte] > [Entrada/Destino] (Função)

Conexões básicas:

[PC] > [Mesa] (Música) [Microfones] > [Mesa] (Voz) [Mesa] > [Transmissor] (FM) [Transmissor] > [Antena] (FM)

Básico + Internet e/ou Gravação dos programas:

[Mesa] > [PC] (Gravação e Web-Rádio)

Por fim, um retorno para o estúdio da Rádio:

[Mesa] > [Retorno]


PC[editar]

GNU/EterTICs - Sistema Operacional[editar]

EterTICs é uma distribuição baseada de Debian GNU/Linux, projetada para operar em ambientes de Rádios Comunitárias, com transmissão, reprodução e edição de áudio. Tem opção Live Mode e conta com o apoio das listas de suporte às rádios livres. Desenvolvido totalmente na América Latina, atendendo as necessidades das regiões.

SITE OFICIAL ETERTICS


Para realizar o procedimento de instalação do sistema siga os 3 links abaixos:

Criando pendrive bootavel

Inicializando o sistema

Configurando o sistema

Ferramentas e Utilitários


Transmissor[editar]

Amplificação TX[editar]

Antena[editar]


Sistema Receptor[editar]

1- antena: é quem recebe o sinal da transmissão de rádio frequência quem vem pelo ar através do espectro

2- demodulador (placa de rádio): separar o sinal de audio da onda portadora [sinal] de radio frequencia (AM, FM)

3- emissor do audio (auto falante): som vai sair do sistema para seu ouvido



Tutoriais[editar]

Seguranca do Sistema[editar]

Etertics acompanha algumas ferramentas que garante um certo nível de privacidade, essa segurança é um processo que permite lhe proteger de alguma forma durante ou depois de um acontecimento em que você está envolvido. Vários métodos de segurança existem para facilitar uma operação "sem obstáculos" como por exemplo, o compartilhamento de informações ou uma ação direta. Caso queira ler mais sobre segurança, acesse o Guia de Autodefesa Digital

Softwares do Etertics

obs criando tutoriais*

Navegador TorBrowser- Acessar tutorial

Comunicações criptografadas com o Bitmask - Leia mais sobre aqui - Acessar tutorial

Gerenciador de senhas KeepassX - Acessar tutorial

Cryptkeeper para manter diretórios criptografados - Acessar tutorial

LuckyBackup para fazer backup de arquivos - Acessar tutorial


Softwares[editar]

Audacity[editar]


Radit[editar]

Manuais desta útil automação de áudio para rádio. O Radit é um programa gratuito que não depende do GET, mas devido às suas funcionalidades ele foi incluído nesta distribuição. Este programa depende da Fundação Radit: http://www.radit.org/

Embora incluamos alguns manuais de referência aqui, para mais informações, visite a página de tutoriais no YouTube. Eles também têm um Fórum onde você pode fazer suas perguntas.

Videotutorial de Radit pela Fundação Radit:

Manual de uso Radit (espanhol) https://liberaturadio.org/manuales-radit/


Butt[editar]

BUTT (Ferramenta de uso para transmissão online) é fácil de usar, ferramenta de streaming multi-plataforma (instalavel em MacOs, Ruindons e Gnu-linux) Suporta SHOUTcast e Icecast e roda em Linux, Mac OS X e Windows. O principal objetivo do butt é transmitir dados de áudio ao vivo de seus computadores Microfones ou entrada de linha para um servidor Shoutcast ou Icecast. A gravação também é possível. Ele não pretende ser um servidor sozinho ou transmitir automaticamente um conjunto de arquivos de áudio.

SITE OFICIAL BUTT

Tutorial de Configuração no Windons

Tutorial de Configuração no Linux


Airtime[editar]

Conectando nas Radios - Nossa InfraEstrutura existente[editar]

Servidor Tainã[editar]

Passos para conexão Radio Tainã


Passos para conexão Radio Tainã

Servidor Orelha[editar]


Tarefas[editar]

Realizadas[editar]

02 Maquinas no coletivo Jundu metareclicadas e operando 01 com o GET (GNU/Etertics), 01 com debian 9

O que ficou[editar]

Tradução do livro Manual para Radialistas Analfatecnicos

Montagem de circuito de amplificação de potência

Compra de equipamento (watimetro com medidor de swr) para calibragem de antenas